segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

EFAs de Goiás participam da Etapa Temática Estadual ATER para a Juventude Rural

Aconteceu no dia 27 de fevereiro de 2016, sábado, na Escola Família Agrícola de Goiás (EFAGO), no município de Goiás-GO, a Etapa Temática Estadual: ATER para a Juventude, no âmbito da 2ª Conferência Nacional de ATER (2ª CNATER).
A etapa contou com aproximadamente 100 jovens vindos do meio rural, principalmente estudantes e técnicos egressos das Escolas Famílias Agrícolas do Estado de Goiás (Orizona, Uirapuru e Goiás), estudantes do Instituto Federal de Ciências e Tecnologia de Goiás (IFG), além de representações do INCRA-GO, Delegacia do MDA-GO, Embrapa e Territórios Rurais do Estado. A secretaria da UNEFAB participou da conferência através de seus servidores Iara Silva (secretária executiva) e Anselmo Lima (auxiliar de secretaria).

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Encontro discute situação da Educação do Campo e das Escolas Famílias no Amapá

O presidente da UNEFAB, Antonio Baroni, participou neste sábado, dia 27 de fevereiro, em Macapá-AP, juntamente com lideranças e representantes das Escolas Famílias do Amapá, de encontro para discutir a Educação do Campo no Estado.
Baroni foi a convite da senhora Maria da Conceição Magave Miranda, presidenta da Rede das Associações das Escolas Famílias do Amapá (Raefap) e vice-presidenta da UNEFAB.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Juventude Rural discute propostas para o Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural

Entre os dias 23 e 25 de fevereiro de 2016, lideranças jovens* de todo o Brasil participaram em Brasília-DF da ‘Oficina de Diálogo sobre o Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural’, organizada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), para discutir e priorizar propostas que integrarão o documento final deste plano.
Na solenidade de encerramento do evento, a secretária executiva do MDA, Maria Fernanda Coelho, disse que os documentos trazem um aprofundamento das demandas ao debater valores da sociedade. Ela caracterizou a criação do Plano como um momento histórico. Maria Fernanda garantiu, ainda, que vai dar atenção especial ao acesso ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) Jovem, uma das demandas apresentadas no encontro. “Nós já estamos trabalhando e dando prosseguimento a algumas demandas colocadas, e temos como meta implementar e dar andamento, ainda em 2016, às ações do Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural”, assegurou.