quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Nota Oficial sobre o Falecimento de Padre Humberto Pietrogrande




PÁSCOA DE PADRE HUMBERTO PIETROGRANDE:

Neste 05 de agosto de 2015, Padre Humberto Pietrogrande fez a sua páscoa definitiva. Após 85 anos pisando neste chão terreno, deixou entre tantas marcas, o pioneirismo, fazendo frente e inovando, tornando-se grande referencial histórico do movimento das Escolas Famílias Agrícolas do Brasil e de diversas outras lutas pelo direito a educação, a saúde e a inclusão social nas políticas públicas.
Nascido em Pádova – Itália, foi advogado, filósofo e teólogo. Chegou ao Brasil pelos idos de 1962 e foi ordenado sacerdote jesuíta dois anos depois. Padre Humberto fundou o MEPES – Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo em 1969, na cidade de Anchieta – ES, trabalhou ativamente na PROMOÇÃO INTEGRAL DO HOMEM DO CAMPO, sendo pioneiro na criação das Escolas Famílias Agrícolas. Exerceu o ministério sacerdotal como cooperador e Pároco de Anchieta e Alfredo Chaves – ES.
Em 1987, por ocasião da sua ida para o Piauí, deixou a presidência do MEPES. Em 1989 fundou a FUNACI – Fundação Pe. Antônio Dante Civieiro, em Teresina-PI, onde era o atual presidente. Desde então, atuou na promoção das EFAs daquele Estado, hoje organizadas junto a AEFAPI – Associação das Escolas Famílias Agrícolas do Piauí. Nestes mais de 50 anos de dedicação ao Brasil nos Estados do Espírito Santo e Piauí, Padre Humberto recebeu diversas homenagens e condecorações vindas de diversas esferas.
A história das EFAs do Brasil e de milhares de comunidades camponesas brasileiras com certeza seria diferente sem a presença histórica e profética de Padre Humberto Pietrogrande e de tantos outros pioneiros comprometidos com os valores mais concretos e reais quando se pensa em solidariedade, justiça social e generosidade.
Estendemos a todos e a todas que caminharam juntos com Humberto e construíram esta história de sucesso em defesa da educação, da saúde e da promoção social, principalmente aos companheiros do MEPES, FUNACI e AEFAPI, o nosso mais verdadeiro sentimento de solidariedade e consternação.
Orizona-GO, 05 de agosto de 2015.

Atenciosamente,

ANTONIO BARONI ROCHA 
Presidente/UNEFAB

0 comentários:

Postar um comentário