segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Escola Família Agrícola de Jaru (RO) foi inaugurada dia 6 de fevereiro

Foi realizada na manhã do dia 6 de fevereiro, a solenidade de inauguração da Escola Família Agrícola Dom Antônio Possamai. A entidade de ensino fica localizada no km 02 da linha 623, em Jaru-RO. Na oportunidade várias autoridades estiveram presentes, entre elas, o vereador Benildo Marcio (PT), Edimilson da 17 (PRP) e Josemar da 34 (PT); e ainda, a prefeita de Jaru, professora Sonia Cordeiro (PT), vários secretários municipais, a secretária de Estado da Agricultura, o presidente da Fetagro Lazaro Dobri, entre outras lideranças.
A solenidade começou com uma missa celebrada pelo Padre Sergio. Em seguida, algumas autoridades compuseram a mesa de honra. O presidente da Câmara de Jaru, Josemar da 34, em tom de desabafo disse que esse é um momento histórico. “Não queremos ser diferentes de ninguém. Mas somos nós da agricultura que segura as pontas nos momentos de crise. Há muito tempo estamos pensando em um modelo educacional voltado para o campo. Entretanto, isso não era possível, pela dificuldade imposta pela gestão pública”, enfatizou.
Josemar ressaltou ainda que, a Câmara estará a disposição e será parceira da Escola Família Agrícola. A presidente da Associação da EFA, Clotilde Crepaldi , ressaltou que está muito feliz nesse dia: “O nosso projeto sempre foi e sempre será ambicioso. Agradeço a todos que contribuíram e que estão presentes nesse dia tão especial”, comentou.
“É uma satisfação muito grande inaugurar essa escola, que estamos lutando por ela desde 2001. Mas é agora que o desafio aumenta, precisamos mantê-la. Por isso que todos nós devemos unir as nossas forças e lutar para que a escola siga em frente. Porque a escola do campo tem que ser assim sem estrutura? Precisamos mudar isso, pois a reforma agrária é o lugar de gerar emprego. Os nosso jovens precisam continuar em suas propriedades rurais”, comentou o presidente da Fetagro, Lázaro Dobri.
Emocionada, a prefeita Sonia lembrou que o até então sindicalista, Leomar, lhe disse que caso eles ganhassem as eleições, a escola sairia de qualquer forma. “Hoje é uma realidade. Já disponibilizamos 9 funcionários, um trator e um poço artesiano, e, em breve vamos celebrar um convênio com a escola. Estou aqui para atender as necessidades da EFA.”, sintetizou a prefeita.
Para o vereador Benildo, a escola tem a função de resgatar os valores da agricultura familiar, com a estrutura de capacitação e das famílias. “Todos estão de parabéns pela conquista. Eu estarei a disposição para que, dentro do possível, ajudar a entidade”, citou o vereador. O vereador Edimilson da 17, argumentou que a educação voltada para os jovens do campo é um grande avanço. "Essa escola só veio para fortalecer a agricultura e o setor rural”, enfatizou.
A EFA atenderá 64 jovens que estudarão no sistema de alternância. Ou seja, 32 começarão estudando na escola durante 15 dias, e depois mais 15 dias aplicando o que aprenderam na propriedade rural. Na sequencia se invertem as turmas.
A escola de Jaru é a 6ª no Estado. As outras, organizadas através da AEFARO - Associação das Escolas Famílias Agrícolas de Rondônia, estão em São Francisco do Guaporé, Vale do Paraíso, Cacoal, Ji-Paraná e Novo Horizonte. A EFA de Jaru será a primeira a mudar o curso de Técnico Agrícola para Técnico em Agroecologia.

Texto: Rondônia Dinâmica. Foto: Divulgação/ AEFARO.

1 comentários:

  1. oi... preciso de um endereço de email da instituição, obrigado!

    ResponderExcluir