sexta-feira, 6 de maio de 2011

AMEFA se reúne com secretária de Educação de Minas Gerais

Na manhã desta terça-feira, 04 de maio de 2011, a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, participou de uma reunião com o diretor executivo da AMEFA - Associação Mineira das Escolas Famílias Agrícolas, Idalino Firmino dos Santos. Durante o Encontro, que aconteceu na Secretaria, a AMEFA apresentou uma pauta de reivindicações para a melhoria do trabalho nas Escolas Famílias Agrícolas com o apoio do poder público. No texto são destacadas ações como a necessidade de capacitação de professores.
Diante da pauta de reivindicações foi consenso a necessidade de formação de um grupo para discutir como o poder público poderá apoiar os trabalhos já desenvolvidos pela AMEFA com as EFAs do Estado. “Pedimos a AMEFA que nos apresentem suas propostas para cada item apresentado na pauta. Definiremos as pessoas de cada setor que vão auxiliar na concepção desse trabalho em conjunto. No projeto vamos estabelecer qual vai ser o apoio do Estado a essas escolas”, explica a secretária de Educação, Ana Lúcia Gazzola.
No grupo a ser constituído, a SEE vai ter representantes da Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica e da Subsecretaria de Administração do Sistema Educacional. A expectativa é que participem também representantes de outros órgãos do governo e instituições. Após a reunião, Ana Lúcia Gazzola teve em sua agenda, um encontro com o presidente do CONSEA - Conselho de Segurança Alimentar Sustentável de Minas Gerais, D. Mauro Morelli e representantes de outros órgãos do governo.
Minas Gerais conta com 18 Escolas Famílias Agrícolas. Essas escolas adotam a pedagogia de alternância. Parte da formação dos alunos ocorre nas salas de aula e parte no campo. O objetivo é dar a esses alunos uma formação que contribua para o desenvolvimento local sustentável, com referência na agricultura familiar.  

Texto: Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais - SEE.
Foto: ACS/ SEE.

0 comentários:

Postar um comentário