segunda-feira, 13 de junho de 2016

NOTA DA UNEFAB EM REPÚDIO AO GOLPE

O Conselho Administrativo da União Nacional das Escolas Família Agrícola do Brasil – UNEFAB, representando 12 regionais e 148 Escolas Família Agrícola – EFAs, reunido em Belo Horizonte/MG, nos dias 06 e 07 de junho de 2016, torna público a posição de REPÚDIO AO GOLPE, ao qual o Brasil foi submetido, bem como a escalada de um governo ilegítimo, que atenta contra o Estado Democrático de Direito e a Democracia, que estamos ainda consolidando, ante ao nosso histórico de ditaduras civis-militares no século XX.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Educadores das EFAs do Maranhão se formam pela UFMA

No dia 12 de maio foi realizada a cerimônia de colação de grau dos discentes do curso de Licenciatura em Educação do Campo de Bacabal-MA da UFMA - Universidade Federal do Maranhão, que ingressaram em 2009 e 2010 por meio do Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciatura em Educação do Campo (Procampo), do Ministério da Educação.
Trinta formandos das áreas de Ciências Agrárias e de Ciências da Natureza e Matemática, da turma “Profa. Dra. Cacilda Rodrigues Cavalcanti” receberam o grau da reitora Nair Portela. O programa é viabilizado no Maranhão a partir de uma parceria iniciada em 2008 entre a Supervisão da Educação do Campo da Secretaria de Estado da Educação, o Comitê Estadual da Educação do Campo e a Pró-Reitoria de Ensino da Universidade Federal do Maranhão.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Manifesto em Apoio ao Movimento das Escolas Famílias do Amapá

Em apoio aos companheiros e companheiras de caminhada que lutam em defesa da Educação do Campo e da Pedagogia da Alternância no Estado do Amapá, a partir de ações retrógradas do Governo Estadual, que tem prejudicado especialmente as escolas que adotam a Pedagogia da Alternância, bem como, trazido prejuízo aos profissionais que atuam nestas escolas, a UNEFAB em nome do Movimento das Escolas Família Agrícola do Brasil, em defesa da Educação do Campo pela Pedagogia da Alternância, reafirmando a necessidade do ente estadual respeitar os marcos regulatórios previstos na legislação federal e estadual daquele Estado, apresenta a seguinte nota:

terça-feira, 17 de maio de 2016

Educadores de Escolas Famílias do AP protestam por salários atrasados

Monitores e funcionários das Escolas Famílias do Amapá que dizem estão desde junho de 2015 sem receber salários. fizeram um protesto nesta terça-feira (17 de maio) durante a abertura do Seminário de Formação de Educadores (as) das Escolas Famílias do Amapá (EFA). O evento será realizado até sexta-feira (20), na Universidade Federal do Amapá (Unifap). 
De acordo com os professores, além dos salários atrasados, é cobrado apoio às escolas localizadas no interior do estado. O manifesto foi feito com a finalidade de chamar a atenção dos futuros profissionais da área agrícola para a luta pelos direitos da classe, segundo a categoria.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Integrantes de Centros de Formação por Alternância ocuparam Secretaria de Educação do Maranhão

Centenas de jovens, agricultores familiares, monitores/professores e dirigentes integrantes das redes UAEFAMA - União das Associações das Escolas Famílias Agrícolas do Maranhão e ARCAFAR - Associação das Casas Familiares Rurais das Regiões Nordeste/Norte ocuparam nesta terça-feira (03) as dependências da Secretaria de Estado de Educação do Maranhão, na capital São Luiz.
Os representantes das EFA - Escolas Família Agrícola, CEFFA - Centros Familiares de Formação por Alternância e CFR - Casas Familiares Rurais do Estado cobram o repasse dos recursos do FUNDEB - Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação pelo governo estadual.

UNEFAB assina Carta em Defesa da Agricultura Familiar e da Agroecologia

A ANA -Articulação Nacional de Agroecologia elaborou carta em defesa das políticas de Agroecologia e da Agricultura Familiar, em defesa do MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário, contra o retrocesso nas políticas públicas e contra o rompimento institucional no Estado Brasileiro.
A carta foi assinada por diversos movimentos e entidades do campo integrantes da ANA, entre estas, a UNEFAB e as regionais AGEFA - Associação Gaúcha Pró- Escolas Famílias Agrícolas pela AMEFA - Associação Mineira das Escolas Famílias Agrícolas. O movimento das EFAs está sendo representado na ANA pelos companheiros Júlio César Almeida Pacheco (integrante da AMEFA e 2º secretário da UNEFAB) e Antonio Gomes (integrante da AGEFA e EPN/UNEFAB).

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Plano Safra de Agricultura Familiar 2016/2017 prevê investimento recorde

Em solenidade nesta terça-feira (03) a presidente Dilma Rousseff e o ministro do Ministério do Desenvolvimento Agrário Patrus Ananias fizeram o anúncio do Plano Safra da Agricultura Familiar 2016/2017. Neste Plano Safra os agricultores familiares vão contar com crédito recorde de R$ 30 bilhões.
O montante será disponibilizado por linhas de financiamento para cultivo, produção e investimento com taxa de juros abaixo da inflação. Neste ano a taxa de juros caiu de 5,5% para 2,5% ao ano, para alimentos que compõem a base da alimentação do povo brasileiro – arroz, feijão, mandioca, tomate, alho, cebola e hortaliças, bem como para financiamentos de produção orgânica e agroecológica e investimentos em práticas sustentáveis de manejo do solo, da água e de produção de energia renovável.